Notícias do mercado imobiliário

Queda da Selic deixa parcelas de imóveis quase 50% menores

Poder de compra de imóveis foi ampliado em 40% com a redução das taxas de juros no Crédito Imobiliário.

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central cortou na
semana passada a taxa básica de juros (Selic) em 0,25 ponto porcentual,
de 2,25% para 2% ao ano, o menor patamar da história. compra de imóveis

Segundo
o especialista em mercado imobiliário, Ricardo Cubas, a taxa de juro
média do financiamento imobiliário no Brasil se encontra no menor
patamar da história. Dados do Banco Central apontam que em maio ela
chegou a 7,16% ao ano, contra 8,31% no início 2019, e  10,90% em  2017.

As quedas nas taxas de juros
torna mais a realização do Sonho da Casa Própria. “O momento atual é
propício para compra de imóvel, tanto para moradia como para
investimento”, explica Cubas.

Segundo o presidente do Conselho
Regional de Corretores de Imóveis da 14ª Região (Creci-MS), Eli
Rodrigues, “a Selic em 2% é estimulante para gerar a baixa de juros,
reduzindo o custo do financiamento imobiliário por serem a longo prazo e
reflete nos valores das prestações”, disse.

O mercado imobiliário
estima que a redução de cada ponto porcentual nos juros represente um
desconto de 8% na parcela do financiamento imobiliário.

O
especialista explica que em uma simulação de um imóvel financiado no
valor de R$ 500 mil, com prazo de pagamento de 360 meses (30 anos), a
prestação com as mesmas condições seria 43,77% menor em 2020 do que há
cinco anos.

Retomada do Crescimento

Os
resultados apresentados pela Associação Brasileira das Entidades de
Crédito Imobiliário e Poupança [Abecip] mostram que o setor imobiliário
tem tido um resultado melhor que em 2019.

A queda da Selic leva ao
barateamento do crédito e, consequentemente, um incentivo à construção,
o que é melhor tanto para a construtora quanto para o cliente, que pode
conseguir o seu financiamento com mais facilidade.

Já é consenso que o momento é propício para quem quer comprar o seu imóvel, tanto para moradia como para investimento.

21/08/2020 Fonte: Torresul Imobiliária

Últimas notícias